Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
» Memórias Perdidas - Coletiva ao Vivo
Seg Ago 07, 2017 3:46 am por Warped

» SHAUS ESTEVE AQUI
Seg Ago 07, 2017 3:29 am por Warped

» Kirby's Return to Dreamland
Qui Dez 01, 2011 11:15 pm por Éric Akira

» GTA V - O que esperar?
Qua Nov 30, 2011 9:29 am por Éric Akira

» Titanic com CryEngine 3
Ter Nov 29, 2011 8:20 pm por cordeiroyuri

» Band Adquire Dragon Ball Kai e GT
Ter Nov 29, 2011 8:04 pm por @TerrorDasMulata

» GoogleSkyrim
Sab Nov 26, 2011 12:50 am por cordeiroyuri

» Jogo mais troll de todos?
Ter Nov 22, 2011 8:07 pm por Diig's Pride

» Nintendista, Sonysta ou Caixista?
Ter Nov 22, 2011 6:02 pm por @TerrorDasMulata

SHAUS ESTEVE AQUI

Dom Ago 06, 2017 4:30 pm por Crash Master



Comentários: 8


Os dez jogos mais caros da história!

Ir em baixo

Os dez jogos mais caros da história!

Mensagem por Diig's Pride em Sex Nov 04, 2011 2:40 pm

Um artigo publicado pelo site Digital Battle revela, em números, o quanto os jogos têm se aproximado dos filmes em termos de custos de produção, listado os dez mais caros do mundo.

Alguns chegam a superar "blockbusters" dos cinemas, o que só comprova que a época quando se gastava US$ 200 mil para se desenvolver um "Doom", de 1993, já passou. Hoje em dia, esse valor mal banca os custos de um mês de produção.

A lista começa na décima posição, ocupado por "Killzone 2". Um dos mais esperados títulos para PlayStation 3 teve um orçamento final de US$ 45 milhões.
Especula-se que o jogo possa ter custado aos cofres da Sony mais de US$ 56 milhões, mas esse valor nunca foi confirmado pela produtora Guerrilla nem pela distribuidora.

"Final Fantasy XII" foi o nono jogo de maior orçamento da história. Os US$ 48 milhões gastos só comprovam que para trazer qualidade e valorizar o produto é preciso muito investimento. Essa foi uma das produções mais caras vindas do Japão, mas que poderia facilmente perder para "Final Fantasy XIII". Os custos de produção do RPG para PlayStation 3 e Xbox 360 são estimados em mais de US$ 70 milhões, mas nunca foi oficializado, e por isso não faz parte do top 10.

Criminalidade nas ruas

Ainda não lançado, "LA Noire" já é considerado um dos "mais caros jogos em produção atualmente" por Tom Cargo, presidente da Associação dos Desenvolvedores de Jogos da Austrália, ocupando a oitava colocação com US$ 50 milhões de verba. Rockstar vem dando a produtora australiana Team Bondi uma verba bem gorda, talvez até acima de US$ 50 milhões, para garantir que a Los Angeles dos anos 40 seja fielmente recriada.

Na sétima colocação outro título ainda não lançado. "APB - All Points Bulletin" vem sendo desenvolvido nos últimos cinco anos, e a própria Realtime Worlds já citou anteriormente que este é o jogo mais caro que eles criaram - na casa dos US$ 50 milhões. Dave Jones, criador de GTA e fundador da Realtime Worlds, já garantiu uma verba extra de US$ 50 milhões, que será usada a cada ano para suporte e expansão do jogo online sem limite de jogadores.

Com mais de US$ 55 milhões gastos em sua produção, "Halo 3" aparece na sexta posição. A Bungie poderia até ter gasto mais, visto que a Microsoft bancaria todos os custos necessários para garantir um título arrasa-quarteirão. Mas a verba certamente foi muito bem utilizada, levando em conta a qualidade alcançada. Os custos de produção acabam até parecendo pouco perto dos US$ 200 milhões gastos pela Microsoft apenas para promover o jogo. Levando em conta que o título arrecadou US$ 300 milhões apenas em uma semana e que até janeiro de 2008 havia vendido 8,1 milhões de cópias, não há dúvida de que a companhia recuperou seu alto investimento, e de quebra ainda impulsionou as vendas do seu console.

Ação, RPG e simulador

"Metal Gear Solid 4" inicia a seleção dos "cinco mais" com seu orçamento de US$ 60 milhões, digno de um filme que Hideo Kojima adoraria produzir. O título levou anos para ser produzido, e o resultado final todos já conhecem: horas de cenas não interativas e a valorização do produto com os gráficos mais impressionantes da época. O valor estimado de US$ 60 milhões foi dividido entre a Kojima Productions (Konami) e a Sony.

"Too Human" foi um título cujo orçamento sofreu deveras com seus atrasos. Inicialmente planejado para ser um jogo de quatro discos para PlayStation, passando depois para GameCube e posteriormente totalmente refeito para o Xbox 360, o game teve um dos piores e mais longos ciclos de produção da história da indústria. A licença do Unreal Engine 3 e o posterior conflito com a Epic fizeram a companhia deixar de lado o motor gráfico em prol de seu próprio motor gráfico, atrasando ainda mais seu ciclo. No final, um valor estimado de mais US$ 60 milhões, podendo ter chegado a US$ 80 milhões, foi gasto na produção, o que garante a "Too Human" a quarta colocação.

Na terceira posição, aparece um dos talvez mais injustiçados jogos da história da indústria: "Shenmue". A Sega gastou cerca de US$ 70 milhões no título de Dreamcast, mas jamais chegou sequer perto de recuperar seu investimento. Esse também teve um longo ciclo de produção (quase dez anos), começando no Sega Saturn e sendo concluído na geração seguinte. O jogo trazia uma vasta área para exploração, sistema climático completo e muitas funções e detalhes que jogos de hoje não têm.

Embora o próximo da lista tenha tudo a ver com o conceito de "chegar em primeiro", "Gran Turismo 5" aparece na segunda posição dos games mais caros já produzidos. A verba de US$ 80 milhões será alcançada após cinco anos de desenvolvimento e mais de mil carros modelados com extrema fidelidade. Em meados de 2008, o projeto da Polyphony Digital já tinha custado US$ 60 milhões, e o valor estimado total será batido quando o game estiver pronto.

Blockbuster

O primeiro lugar não poderia ser outro, afinal sua verba não é surpresa. Durante a produção de "Grand Theft Auto IV", a Rockstar Games havia mencionado gastos em torno de US$ 100 milhões para produzir o que atualmente é considerado o mais caro game em toda a história do setor. Também não é para menos: mais de mil pessoas trabalharam no título multiplataforma durante três anos e meio, estudando a cidade de Nova York com câmeras, gravando tráfego durante meses e contatando mais de duas mil pessoas para obter direitos para as centenas de músicas disponíveis nas rádios do jogo. Estima-se que o valor pago por cada faixa foi de US$ 10 mil, e isso não inclui royalties e licença. O resultado é um dos maiores sucessos comerciais de todos os tempos, arrecadando US$ 500 milhões em sua primeira semana e vendendo mais de 13 milhões de unidades.

_________________

avatar
Diig's Pride
Administrador

Administrador

Número de Mensagens : 310
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os dez jogos mais caros da história!

Mensagem por Éric Akira em Sex Nov 04, 2011 11:04 pm

Um dia os games vão dominar o mundo.
Um dia...
avatar
Éric Akira
Moderador

Moderador

Número de Mensagens : 1630
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os dez jogos mais caros da história!

Mensagem por Diig's Pride em Sex Nov 04, 2011 11:10 pm

rsrsrs
Bom.. eles com certeza já são mais caros do que produzir um filme xD

_________________

avatar
Diig's Pride
Administrador

Administrador

Número de Mensagens : 310
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os dez jogos mais caros da história!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum